Tratamentos para olheiras

Os olhos são os primeiros a denunciar os sinais de envelhecimento.
Além das rugas, as olheiras causam um aspecto desagradável.
Por isso, cirurgião plástico aponta algumas dicas e os melhores tratamentos para a região

olheiras01Todo mundo sabe que os olhos são a janela da alma. Mas, quando eles estão emoldurados por rugas, flacidez e olheiras, eles podem refletir cansaço permanente. Se as olheiras tiverem manchas escuras também, a aparência fica pior ainda. Para entender melhor esta região, o Cirurgião Plástico e Cosmiatra, Márcio Castan, de Porto Alegre (RS), membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), explica que as olheiras são divididas em três grupos: pelo acúmulo de vasos na região das pálpebras, pela pigmentação escura da pele ou pela atrofia e queda dos tecidos, aumentando o sulco abaixo das pálpebras.Dentre os fatores determinantes para o surgimento das sombras escuras há a concentração de melanina (pigmento que dá coloração à pele) sob os olhos. As causa mais comum é o próprio cansaço, falta de sono, estresse, envelhecimento, hereditariedade e exposição solar”, diz Dr. Castan.

A cura total das olheiras é quase impossível, mas há uma gama enorme de recursos para amenizá-las, que incluem desde dicas de saúde até tratamentos médicos. “Junto com algumas mudanças de hábitos, é necessário associar cremes à base de vitamina A e C, ácido mandélico e vitamina K. Quando as olheiras apresentam um fator vascular importante, as compressas vasoconstritoras (processo de contração dos vasos sanguíneos) funcionam muito bem”, indica o cirurgião.

Para adotar um tratamento propriamente específico, é imprescindível conhecer a origem, isto é, o que está causando de fato esse problema. Se for pelo acúmulo de vasos na região das pálpebras, afirma o cirurgião, o tratamento deve ser realizado através de técnicas que combatem os vasinhos, como o uso da luz pulsada (não queima) e laser. Se a causa for a pigmentação escura da pele, indica-se o uso de clareadores e peelings.

Porém, é importante alertar que, se o problema for atrofia e queda dos tecidos, que aumenta o sulco abaixo das pálpebras, a maneira mais correta de tratar é eliminar o vale formado no local através do preenchimento que tem uma durabilidade de nove a doze meses, podendo chegar a dois anos em alguns pacientes”, afirma Dr. Castan. Ele ainda reforça que, antes de realizar qualquer procedimento estético, é fundamental consultar um profissional, que saberá indicar o melhor tratamento para cada paciente, sem apresentar riscos ou efeitos indesejados.

Dicas para evitar as olheiras

Dr. Marcio Castan

Cirurgião Plástico – Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Pós-graduado em Dermatocosmiatria

Rodrigo Hernandes (Mtb-SP 40.598)

Cel: 11-99354-5230
Tels: 11-2061-7919/2061-5709
Av. Paes de Barros, 2659 – cj. 27
CEP 03149-100- São Paulo – SP
rodrigo.hernandes@holdingcom.com.br

HOLDING COMUNICAÇÕES

Release
E-mail: release@holdingassessoria.com.br
Fone: (11) 20617919

Tags:,

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria