Quais são os seus hábitos visuais?

Conheça algumas curiosidades ou maus costumes que não podem passar despercebidos

olhosecos01No dia-a-dia, alguns hábitos são tão comuns que, dificilmente, paramos para observar quão mal podem fazer à saúde. Quando se trata dos olhos, por exemplo, é comum as pessoas assistirem TV bem próximo à tela, ler dentro de um automóvel em movimento ou, até mesmo, coçar os olhos com as mãos sujas. Mas quais são os prejuízos que esses hábitos podem causar?

Segundo o oftalmologista Richard Yudi Hida, a visão é um dos sentidos mais delicados e suscetíveis a problemas causados pelo próprio indivíduo.Alguns cuidados simples, tais como, alimentação balanceada, exames preventivos e higiene, devem sempre ser preservados. Afinal, os hábitos estão, sim, diretamente relacionados à saúde ocular”, alerta.

Quais seriam, então, as atitudes mais comuns realizadas pelos indivíduos e, sobretudo, quais as curiosidades que existem por trás de cada hábito? Abaixo, o oftalmologista elenca as principais e esclarece também, os possíveis prejuízos que podem causar.

Ler no escuro:

Ler em ambientes com pouca luz não prejudica os olhos, porém, pode “cansar” mais facilmente. Para a luz chegar aos olhos, uma boa fonte luminosa é essencial;

Usar óculos de procedência duvidosa:

Estes acessórios de procedência duvidosa podem ter diversos problemas, já que não existe um controle de qualidade das lentes nem da armação. Eles podem distorcer a imagem, provocando dores de cabeça e nos olhos. Além disso, podem vir sem a proteção contra raios ultravioleta que existem na maioria das lentes escuras e claras;

Tomar banho com as lentes de contato:

Não é recomendável tomar banho de chuveiro ou de piscina com lentes de contato. As impurezas da água podem danificar, estragar ou contaminar as lentes, podendo ocasionar infecções sérias na córnea. O ideal é higienizá-las com solução apropriada multiuso, indicado pelo seu oftalmologista. Não se deve usar água boricada ou quaisquer outra solução sem orientação médica;

Aproveitar as horas no trânsito para ler ou estudar:

Existe um mito de que este hábito pode causar o descolamento da retina. Entretanto, isso é um mito. Ler em movimento pode causar tontura ou náusea por desequilíbrio devido a desorientação espacial do labirinto, mas não descola a retina. É importante ressaltar que, ler ou estudar durante as horas no trânsito, pode causar acidentes;

Levar a mão aos olhos:

Para evitar contaminação ou infecções oculares, deve-se evitar passar a mão na região dos olhos, principalmente após pegar o metrô ou pegar no corrimão de ônibus, por exemplo. Para se ter uma ideia, se as mãos contaminadas de um indivíduo com conjuntivite tiver contato com estes lugares ou objetos, a doença pode ser transmitida. Quando alguém contrai qualquer infecção nos olhos, sugere-se, a critério médico, evitar o contato social devido ao alto risco de contágio;

Dormir com lentes de contato:

Apesar de alguns fabricantes de lente de contato sugerirem o uso contínuo, dormir com as lentes de contato pode ser altamente arriscado para a saúde ocular e não se deve, sequer, ser um costume. É prejudicial dormir com lentes de contato. A córnea necessita “respirar” e também existe um alto risco de infecções por bactérias. O ideal é perguntar ao seu oftalmologista quantas horas por dia você pode ficar com as lentes de contato. Isso pode variar de acordo com o paciente e o tipo de lente de contato;

Usar colírios sempre que sentir alguma irritação:

O uso indiscriminado sem orientação médica pode causar danos irreversíveis dependendo do colírio. Alguns efeitos colaterais são bem conhecidos como, o aumento da pressão intraocular e catarata (colírio contendo corticoide). Portanto, é importante só utilizar colírios sob orientação do seu oftalmologista, que estejam dentro do prazo de validade e, sobretudo, dar atenção à higiene das mãos antes da aplicação;

Assistir TV muito perto:

Não existem evidências científicas afirmando que assistir TV muito perto provoque danos nos olhos, porém, existem suspeitas de que o uso exagerado dos olhos por tempo prolongado provoque danos oculares transitórios.

Sobre Dr. Richard Yudi Hida

Dr. Richard Yudi Hida é um dos maiores cirurgiões oculares reconhecido mundialmente. Há quase 20 anos, Dr. Richard Yudi Hida atua na área de oftalmologia clínica e cirúrgica, no tratamento das mais variadas doenças visuais. O profissional é especializado em oftalmologia pelo Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo. Foi Fellow nas 2 melhores Universidades do Japão (Keio University- School of Medicine e Kyorin University) onde dominou várias áreas da oftalmologia cirúrgica. Atualmente, é chefe do Setor de Catarata do Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo, responsável por cerca de 500 cirurgias por mês. É também diretor técnico do Banco de Tecidos Oculares da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, responsável por coordenar a distribuição de tecidos oculares para transplante desta instituição. O profissional ainda é membro da equipe de Transplante de Córnea da Santa Casa de São Paulo. É médico voluntário, colaborador e membro do Grupo de Estudo em Superfície Ocular do Departamento de Oftalmologia da Universidade de São Paulo (USP), responsável por orientar inúmeras pesquisas internacionais sobre tratamento e diagnóstico de doenças da superfície ocular.

Natalia Galluzzi

Assessoria de Imprensa
natalia.galluzzi@dezoitocom.com.br I www.dezoitocom.com.br
Tel: (11) 3674-4400 Ramal: 4445 / (11) 3674-4419 Direto

Dezoito

RÁI COMUNICAÇÃO & MARKETING
Natalia Galluzzi
E-mail: natalia.galluzzi@dezoitocom.com.br
Fone: (11) 36744400

Tags:, ,

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria