Câncer de pele é o mais comum no Brasil

Apesar das diversas campanhas de conscientização, ele é responsável por 25% dos casos de câncer no país

cancerdepele05Use o protetor solar”, apesar de a frase ser tão comum, nem todos a colocam em prática. O câncer de pele é o mais comum no país, representa 25% do total dos casos registrados, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA).O cuidado com a pele vai além da vaidade, ele é necessário para que se mantenha saudável o maior órgão do corpo”, ressalta dermatologista Bruno Vargas. Ele acrescenta que as consequências da exposição ao sol são cumulativas e aparecem ao longo dos anos.

O fato de o Brasil ser um país tropical faz com que a incidência dos raios UV seja intensa o ano todo, por isso, é preciso estar sempre atento aos cuidados com a saúde da pele.Grande parte das pessoas pensa que só devemos nos proteger do sol quando vamos à praia ou à piscina, e esse é um hábito perigoso, pois estamos suscetíveis aos danos dos raios UV em todas as estações”, explica Vargas.

O radio-oncologista, Marcus Castilho, explica que são vários os fatores de risco. “Geralmente, o câncer de pele surge após os cinquenta anos de idade e independe do sexo. Quando se tem antecedentes familiares, é preciso estar mais atento e fazer acompanhamento mais freqüente. O número de queimaduras solares também deve ser levado em conta”, afirma.

Estudos feitos recentemente na Universidade Yale, nos Estados Unidos, sobre a melanina, pigmento que dá coloração e ajuda na proteção à pele, apontam que, ao contrário do que se pensava, não só pessoas com a pele clara (com menor quantidade de melanina) estão suscetíveis à doença. Isso acontece porque os danos causados pelos raios UV ao DNA dos melanócitos (células produtoras de melanina), fazem com que os prejuízos à pele continuem se agravando durante horas, mesmo quando a pessoa já não está exposta ao sol.

Quando se preocupar

É muito comum aparecerem manchas e irritações na pele, quando os devidos cuidados não são tomados. Então, como saber o que pode ser sintoma de um câncer?Grande parte dos brasileiros possui pintas ou manchas e nunca procurou avaliar com um dermatologista se há algum risco. O ideal é visitar um especialista regularmente ou quando observar quaisquer anormalidades, já que a chance de cura sobe para 90%, quando diagnosticado precocemente”, aconselha Vargas.

Existem tipos diferentes de câncer de pele, os principais deles o Carcinoma basocelular (CBC), o Carcinoma espinocelular (CEC) e o Melanoma. Nos dois primeiros casos (CBC e CEC), o câncer atinge camadas da epiderme (camada superior da pele) e apresenta mais chances de eficácia no tratamento, que pode ser feito por meio de cirurgia ou radioterapia. Já no caso do melanoma, camadas mais profundas da pele são atingidas, o que torna o tratamento mais intenso e invasivo.

Tratamento

Apesar de muito se ouvir a respeito do melanoma, ele é o tipo menos frequente de câncer de pele, e também o mais grave”, pondera Castilho. Ele lembra que tanto o melanoma quanto as demais formas de câncer de pele têm maiores chances de cura quando descobertos em fases iniciais.

Segundo o especialista, a radioterapia é um dos tratamentos indicados em casos de câncer, podendo ser utilizado como forma exclusiva de combate ou combinado a outros métodos como cirurgia e quimioterapia. “Na maioria dos casos, os efeitos da radioterapia são bem tolerados pelos pacientes, desde que a dosagem indicada para o tratamento seja respeitada”, explica.

Saiba mais sobre as manchas

Normalmente, o câncer de pele apresenta formas de manchas rosadas, pintas pretas/ castanhas ou feridas.Elas podem surgir em diversas regiões do corpo, porém, as mais expostas ao sol são as mais frequentes, como orelhas, pescoço, face, couro cabeludo, ombros e costas.Explica o dermatologia Bruno Vargas. Caso apresente alguma das características a seguir, é preciso procurar um médico.

Hipertexto Consultoria | 31. 3227-4566

Atendimento: Bruna Aguiar
31. 3227-4566 | 8309-1884
bruna@hipertextoweb.com.br

Diretora Executiva: Cilene Impelizieri

Tags:,

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria