Dicas: Saúde dos pets no inverno

Dicas infalíveis para deixar cães e gatos quentinhos e bem protegidos
Saiba como evitar gripes e demais complicações provocadas pela temporada fria

pets02O clima frio vem tomando o país. Com a queda na temperatura, é natural apresentarmos sintomas de gripe e o mesmo pode acontecer com os pets. Assim como seus donos, os animais de estimação sofrem com o inverno e, por isso, a atenção com a saúde de cães e gatos nesta época do ano deve ser redobrada.

Por ficarem, na maior parte das vezes, em ambientes fechados e sem ventilação, os animais de estimação ficam mais expostos à transmissão de microorganismos. Doenças como a gripe, por exemplo, podem atingir em cheio os amigos peludos.

Conheça algumas medidas para manter os pets protegidos dos perigos do frio.

– Observe o pet.

Fique de olho se o animal está mais quieto e se apresenta tosse e espirros. Se a resposta for positiva, visite o médico veterinário para iniciar um tratamento adequado, pois a doença no animal o incomoda tanto que ele mal consegue dormir.

– Não pratique a automedicação.

Não tente automedicar seu pet pois nem sempre a doença que ele aparenta é a que de fato existe. Os cães, por exemplo, sofrem com uma bactéria chamada Bordetella bronchispetica, conhecida como traqueobronquite infecciosa canina, que causa a gripe neles. O contágio ocorre no contato com outro cão doente e o sintoma mais comum da gripe canina é a presença de tosse alta e seca, como se fosse um engasgo, além de febre, apatia e falta de apetite. Claro que esses sintomas podem deixar o dono preocupado, mas, na maior parte das vezes, a gripe desaparece em quinze dias, porém, para garantir que nada mais sério tenha atingido seu pet, vale conversar com o veterinário que poderá fazer o diagnóstico certo.

– Vacinação.

Além da gripe, pets podem desenvolver complicações no sistema respiratório. Neste caso, uma boa dica é a vacinação. No caso dos felinos, os vírus costumam ser os responsáveis pela causa de duas doenças conhecidas como “gripe do gato”: a rinotraqueíte e a calicivirose. Por terem os sintomas comuns de um resfriado humano – espirros, secreção nasal, ocular e tosse, elas são chamadas de doenças do complexo respiratório viral felino e se agravam com o frio do inverno. Para evitar esta preocupação, vale apostar em vacinas. A tríplice felina é uma boa maneira de prevenção: ela é aplicada em duas doses num intervalo de 30 dias quando o gato ainda é filhote e depois por meio de um reforço anual. Para o cão, há a vacina contra a gripe canina, que além de ser causada pela bactéria Bordetella bronchispetica, pode ser provocada pelo vírus da Parainfluenza e da adenovirose canina tipo 2.

– Adeque a rotina do pet ao clima frio.

Tanto o vento quanto a chuva podem afetar a saúde do pet. Para evitar que eles fiquem doentes, vale investir em um bom abrigo para as horas de sono e, em alguns casos, em roupas adequadas para a temperatura. Para cães, os cuidados também incluem o momento do banho, que demanda água em temperatura morna. Nunca deixe de secar o pet após o banho, pois é bom evitar a umidade. Na hora do passeio, opte por horários mais quentes, de preferência pela manhã e ao meio-dia. Outra medida, é suspender a tosa. Os pelos são uma proteção natural dos animais contra o frio. Deixe para tosar o pet quando o clima esquentar. E não vacile na alimentação. “Assim como nós humanos, os pets tendem a comer mais no inverno e a se exercitar menos. Para manter a temperatura corporal interna, eles tendem a gastar mais energia do que em dias mais quentes, então normalmente não costumam ganhar peso durante este período. Porém, é imprescindível que se ofereça a quantidade de alimento sugerida pelo fabricante na embalagem, que irá conter a quantidade energética ideal para o animal de acordo com peso corporal que ele apresenta. Os exercícios e atividades devem ser mantidos na mesma proporção. Caso isso não seja possível e se perceba aumento de peso uma alternativa é oferecer um alimento light, que por conter menor teor de gordura, irá ajudar a manter o peso do animal, no entanto, deve-se evitar ao máximo a troca de ração, já que cães e gatos não toleram bem trocas frequentes de alimento“, ressalta Patrícia Padovez, médica-veterinária e coordenadora técnica da Farmina Pet Foods.

– Aqueça com amor.

Além de todas as medidas para prevenir possíveis complicações nos pets durante o inverno, não se esqueça da mais simples: dar amor, carinho e colinho. No frio, os pets vão querer ficar mais juntinhos de seus donos. Acolha-os.

Sobre a Farmina

A Farmina, empresa de origem italiana presente na Europa há 50 anos e no Brasil desde 2009, é especializada no desenvolvimento de soluções nutricionais destinadas ao bem-estar de cães e gatos. Os alimentos são desenvolvidos por meio de um conceito nutricional cuja essência é a relação entre natureza + ciência. Da natureza, busca-se entender os instintos, necessidades nutricionais, comportamentos, hábitos dos animais e extrai importantes fontes de ingredientes. Com a ciência, realizam estudos científicos e o trabalho conjunto com profissionais especializados, que resultam em soluções nutricionais focadas na prevenção e no tratamento dos animais. Farmina Pet Foods; Happy pet. Happy you.

Empresa: Farmina
Site: www.farmina.com/

Trama Comunicação

 (11) 3388-3040 – www.tramaweb.com.br – Twitter: @trama

Natasha Bin – natasha@tramaweb.com.br (11) 3388-3049
Diretora: Sandra Bonani – sandra@tramaweb.com.br – (11) 3388-3064

Tags:,

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria