Candidíase: tire suas dúvidas

Candidíase: tire suas dúvidas
sobre os cuidados com a saúde íntima feminina

Doença atinge 75% da população feminina, mas ainda é “tabu” para muitas mulheres.

Estima-se que três em cada quatro mulheres tiveram ou terão um episódio de candidíase na vida, aquele incomodo na região vaginal que causa muita coceira e irritabilidade na paciente. A doença pouco comentada, mas muito frequente, especialmente em mulheres com vida sexual ativa, é provocada por um fungo – a Candida sp – e se manifesta principalmente nos momentos de baixa imunidade na mulher.  

Muitas mulheres acreditam que a doença ocorre por causa de falta de higiene ou é transmitida pelo parceiro. Para explicar todos os “tabus” em torno deste inconveniente que atrapalha milhões de mulheres, o ginecologista e obstetra pós-graduado pela Universidade de São Paulo (USP) Dr. José Bento esclarece tudo sobre a doença que atinge cerca de 75% da população feminina.  

Segundo o Dr. José Bento, a candidíase vaginal é a causa mais frequentes de infecção nos genitais. “Ela provoca ardor, coceiras, dor durante a relação sexual e a eliminação do corrimento vaginal em grumos. Com frequência, a vulva e a vagina encontram-se inchadas e irritadas. As lesões podem estender-se também pela região perianal”, explica o especialista. Ele também ressalta a importância de contar para o parceiro quando sentir os sintomas, pois os dois precisam ser medicados. “Não é uma doença de transmissão exclusivamente sexual e ambos precisam ser cuidados para isto não se propagar”, sustenta o médico.

As grávidas são bastante propensas a esse tipo de infecção, bem como as mulheres na fase antes do período menstrual e as diabéticas que estão com a doença descompensada. Além disso, outro fator que interfere no surgimento da candidíase é o uso de alguns tipos de medicamentos como antibióticos e corticoides, pois eles podem alterar a flora vaginal e os sistemas de defesa do organismo.

Pacientes com deficiência do sistema imunológico, como os portadores de HIV, também são bastante sensíveis a essas infecções por não conseguirem combater esses germes naturalmente. “O sistema imunológico é um dos principais responsáveis por manter o desenvolvimento da candidíase vaginal sob controle. Por isso, seguir uma boa alimentação e estar com a saúde em dia é muito importante para prevenção da doença”, reforça o Dr. José Bento.

Outra medida importante para prevenir a candidíase é a higiene diária, e tomar mais de um banho por dia nas épocas mais quentes é recomendável. Usar roupa íntima de algodão, evitando produtos sintéticos, inclusive meia calça, para que a pele possa respirar e a umidade ser diminuída é outra atitude que ajuda a evitar o problema. “Vale lembrar também da importância do uso de preservativo em todas as relações sexuais”, diz o médico. O ginecologista aconselha ainda a se fazer a higiene genital com muito cuidado, evitando o uso de duchas vaginais.

O diagnóstico clínico da candidíase vaginal é feito através do exame ginecológico, e pode ser complementado com exames de laboratório como o Papanicolau, onde a secreção é colhida e analisada microscopicamente. “O tratamento para combater a candidíase é feito à base de antimicóticos locais, com princípios ativos como o clotrimazol. Complementar o tratamento com uma dieta especial, preparada em conjunto com o médico, também ajuda a recuperar a saúde e a reconstruir o sistema imunológico”, aconselha Dr. José Bento.

Sobre Gino-Canesten® (clotrimazol, da Bayer)

Gino-Canesten®, da Bayer, é uma solução muito prática e eficaz para a candidíase vaginal, disponível em creme para três ou seis dias ou comprimidos vaginais de um dia de tratamento. Gino-Canesten®, com clotrimazol, elimina o fungo causador da candidíase e contribui para restabelecer o frágil equilíbrio da flora da região íntima feminina. Bem tolerado, pode ser utilizado mesmo durante a gravidez.  

BURSON MARSTELLER S/C LTDA
Renata Mesquita
E-mail: Renata.Mesquita@bm.com
Fone: (11) 30402406

Tags:, , , ,

30 Comments Quero comentar!

  • tenho umas coseira na vagina mas nao e doença eu queria saber o nome de um remedia que sarasse

    Comentário por: brunessa — 26 de dezembro de 2014 @ 3:36

  • já tive o mesmo problema que vc.
    Fui a vários médicos.
    Usei todo tipo de cremes vaginais.
    Descobri sozinha que tenho alergia aos pelos pubianos.
    Experimente depilados.
    Não deixe nenhum na vulva.
    Pode ser o seu caso.
    O meu foi resolvido.
    Boa sorte.
    Tente isto.

    Comentário por: Berenice de campos martins. — 13 de agosto de 2015 @ 4:39

  • Oi gente!
    Tenho um corrimento meio leitoso, da cor branquinha e não tem um cheiro muito legal. Não tenho coceira, nem ardor, nem nada. É apenas esse corrimento branco com um cheirinho desagradável principalmente nas relaçoes sexuais. Gostaria de saber se pode ser candidíase, pois usava muita calça jeans apertada o dia inteiro no trabalho, passava muito tempo com roupa de praia molhada no corpo, sempre dormia de calcinha sem me importar se tava apertada ou não…todas essas coisas que favorecem. Tenho 21 anos e todas essas coisas que fiz foi da adolescencia pra até um dia desses, hoje procuro me cuidar mais evitando todas essas coisas. Me indiquem algum medicamento que acabe de uma vez por todas com esse corrimento, por favor! Grata.

    Comentário por: lara — 22 de outubro de 2015 @ 22:50

  • Boa noite,tenho candida não tenho, Coseira mas de enho corrimento, já usei várias pomada e não adiantou,quero usar o Gino canesten estou em dúvida se uso o método de cprido ou creme.

    Comentário por: Ana — 26 de outubro de 2015 @ 21:34

  • Não usem Ginocanestem comprimido vaginal 500mg. Eu fiz uso desse medicamento e tive efeitos secundários sérios. Estou com distensão abdominal. Fiz tomografia, ultrassom e transvaginal. Fui ao ginecologista e ao gastroenterologista. Não tem o que fazer e estou com dor abdominal. Faz um mês que estou mal e ainda investigando o que mais pode ter acontecido comigo. Foi por uso desse medicamento. Na farmácia eu pedi uma pomada, mas o farmacêutico indicou esse. Uma péssima idéia!

    Comentário por: CAROL — 21 de novembro de 2015 @ 23:14

  • Oi eu sou lorrayne tenho 15anos e tenho coseiras odor e corrimento na vagina sai tipo um pus branci e tem um cheiro desagravel cosa arde muito e as vezes fica vermelho e achado igual bunda de nenem eu ainda não fiz tratamento mas depois que eu vi esses comentarios eu pude ver que é a candidíase e não sei como tratar eu tenho medo de dar outros serios problemas igual esses dias mesmo pra traz eu estava com infecsão de urina saia sangue ardia ao razer o xixi e é um imcomodo total como eu sou jovem uma adolescente eu queria mais conselhos e como tratar para não piorar.

    Comentário por: lorrayne — 3 de dezembro de 2015 @ 23:31

  • Tenho um pouco de ardecia e coceira sera candandiase?

    Comentário por: Elisangela — 14 de dezembro de 2015 @ 4:49

  • Estou tendo relações faz 7 meses ,e sempre fiz sem o USo da camisinha nunca Tive nada,agora nesse mês, começo u uma irritação aos lados da minha vagina na entradadinha mesmo sinto um carrocinho que arde certas vezes e coça e estava MT vermelho e ruim pra manter relação pois ardia,passei cremes que continao substâncias que combatia a fungos e bactérias passei ele uns 3 dias já estou melhor mais estou com medo pois esta saindo algoesbranquiçado da minha vagina ,o cheiro não er forte er normal mais gostaria de saber o que faço e se realmente é candidíase e se meu parceiro tem,pos ele não se coça nenm nada ?

    Comentário por: jaquinha — 28 de dezembro de 2015 @ 0:29

  • Olá Maria aparecida, estou com um problema igualzinho ao seu, vc conseguiu alguma melhora, não sei mais oke faço, estou desesperada

    Comentário por: mara — 30 de janeiro de 2016 @ 12:55

  • Oi, eu fiz prevenção, e o exame deu que eu estava com cândida SP, faz 1 ano e estou com corrimento e um cheiro desagradável, principalmente quando estou tendo relação sexuais…fico com muita vergonha do meu parceiro!!!! Minha vontade e bota minha cabeça num buraco, sem falar que sai no pênis dele aquele leitin esbranquiçada, já usei vários medicamentos, principalmente caseiros e nada andiantou!!! Nao sei o que faço mais, me ajudem…não aguento mais!!!

    Comentário por: Erica — 1 de fevereiro de 2016 @ 21:06

  • Gostaria de saber se posso tranzar com o Gino canesten introduzido na minha vagina, ou com quanto tempo, posso ter minha primeira relação??

    Comentário por: Erica — 1 de fevereiro de 2016 @ 21:09

  • Olá, vi o comentário da Maria e da mara, eu tenho os mesmos sintomas a minha vagina coça o dia inteiro sem pausa, da desespero, fui no ginecologista e ele pediu exame de biopsia e o resultado foi líquen, então qndo forem ao ginecologista peçam, talvez seja o mesmo caso que o meu.
    O liquem não se sabe ao certo a causa, mas dizem que é emocional e pode durar por volta de 2 anos, porém o meu já tem isso é ainda esta do mesmo jeito.
    A aparência da pele onde coça fica seca e branco, a pele fica desidrata o que causa a coceira.
    Então depois fui no dermatologista, ele me passou pomadas a base de corticoide, não adiantou e ainda machuca.

    Espero ter ajudado

    Comentário por: Mayara — 4 de fevereiro de 2016 @ 10:07

  • Olá Maria da Silva faz assento de chá de oregano é muito bom! Chá de casca de quina quina e fazer assento é ótimo!

    Comentário por: Agelaine Amorim — 16 de fevereiro de 2016 @ 22:17

  • Olá meninas, respondendo à algumas perguntas feitas:
    – Qualquer alteração na região genital deve ser examinada por um profissional antes de utilizar qualquer medicamento! Evitem a automedicação, pois problemas sérios podem decorrer dessa atitude! O Gino Canesten é uma medicação que traz risco como qualquer outro medicamento, e esse efeito colateral relatado por uma usuária esta relatado na bula! A candidíase, quando identificada, deve ser tratada para ambos os parceiros. À reincidência dos sintomas se deve possivelmente à recontaminaçao pelo parceiro nao tratado! Por isso meninas, avisem seus parceiros da sua condição, eles precisam se tratar também!!! Durante o período do tratamento da candidíase, deve ser evitado manter relação sexual durante todo o periodo do tratamento, pois alem de comprometer a eficiência do medicamento que será retirado do local tratado, voce recontaminará seu parceiro!!! Durante o tratamento evitem relações sexuais justamente para q a mucosa vaginal se recupere através do tratamento!! E mais uma coisa: a candidíase nao causa nenhum tipos de “verruga” ou “nodulo” na região genital! Esse tipo de alteração deve ser outra condição, e deve ser examinada, identificada e tratada com medicação apropriada!! Caso observe essa alteração, procure um médico!!! Cuidem bem da sua saude vaginal menina!!! Abração à tofas!!!

    Comentário por: Silvia — 17 de fevereiro de 2016 @ 20:59

  • Gostei muito legal útil para nós mulheres

    Comentário por: Rosana Leonel — 21 de fevereiro de 2016 @ 15:58

  • Boa noite, olha Maria Aparecida, lendo seu comentário me vi muito. Eu também era assim, mas na verdade o que acontecia é q que eu tinha alergia do sêmen dele. So melhorou quando precisamos passar por um tratamento por que ele estava com uretite, ai acho que igualamos nossas floras sexuais e nunca mais tive problema

    Comentário por: Patrícia — 23 de fevereiro de 2016 @ 20:11

  • Erica, é melhor aguardar ate acabar o tratamento e depois voltar ao sexo

    Comentário por: Alodin — 27 de fevereiro de 2016 @ 13:21

  • eu tenho coceira na região da vagina na parte externa sinto coceira desde Dezembro do ano passado e também tenho corrimento grosso sem cheiro com uma cor escura. não sei o que fazer já tomei antibiótico e nada resultou

    Comentário por: flavia — 1 de março de 2016 @ 15:41

  • Ola, me chamo marina, tenho 17 anos de idade . Eu tomei o remédio Gino Canesten na segunda feira, e hoje quarta feira veio pra mim minha menstruação, eu gostaria de saber se isso interrompe o procedimento do remédio ou é normal . Obrigada

    Comentário por: Mariana — 9 de março de 2016 @ 11:10

  • Boa noite fiz uso do comprimido na quinta feira há dois dias, gostaria de saber se por ter vazado o comprimido após doze horas de ter introduzido, não vai fazer efeito? Então devo fazer uso do creme vaginal?

    Comentário por: Lorena — 10 de abril de 2016 @ 2:43

  • Eu sou Cristina Pereira, que contraiu o HIV em 2009 foi-me dito pelo meu médico que não há possível cura para o HIV. Comecei a tomar os meus ARVs, Meu CD4 é 77. Eu vi um site do Dr. Boadi também eu vi um monte de depoimentos sobre ele sobre como ele usa a medicina de ervas para curar o HIV. i em contato com ele e disse-lhe meus problemas, ele me enviou a medicina herbal e eu peguei por 7 dias após, em seguida, eu fui para um check-up e eu era negativo. o medicamento não tem efeito colateral, não há nenhuma dieta especial quando se toma o medicamento visitar sua visita seu site:

    Comentário por: Cristina Pereira — 22 de abril de 2016 @ 11:08

  • Olá meninas,sofro do mesmo problema como a maioria de vcs. Vou dar uma dica fácil que ajuda muito,pode parecer estranho mas eu vejo resultados fantásticos,introduza suco de limão na vagina ao se deitar. Vc pode usar um aplicador desses de pomadas,metade dele já é suficiente. Será necessário usar um absorvente na noite q fizer,não vaza mt,pois a vagina absorve boa parte. Lembrando sempre que é indispensável consultar um ginecologista para saber a causa do seu problema,essa medida é um paliativo para amenizar o corrimento e o cheiro forte. Lembrando que não arde.
    Espero ter ajudado.

    Comentário por: Sara — 6 de julho de 2016 @ 13:52

  • Vou deixar a minha experiência pra vocês, talvez alguém esteja com dificuldade de curar a “Candidíase” como eu tive:

    Há mais ou menos 3 meses notei um corrimento estranho, às vezes branco, as vezes amareladinho. Fui a 3 médicas que me deram certeza de que o que eu tinha era Candidíase. Sem fazer exame algum (apenas observaram minha vagina), me receitaram diversos anti fúngicos (fluconazol, itraspor, nistatina…) e eu fazia o tratamento e nada curava. Até o dia que consultei pelo SUS e fiz um exame de coleta de secreção vaginal, e foi constatado que na verdade eu tinha Garnerella, uma bactéria, e tinha alguns episódios de candidíase porque a bactéria alterava o pH da minha vagina favorecendo a vida do fungo, e por isso nunca curava. Meu corrimento, apesar de ter um cheiro ruim, foi sempre tratado como candidíase e só depois que descobri a verdadeira causa tratei adequadamente com Metronidazol 400mg comprimido, um comprimido a cada 12 horas por 7 dias. E meu problema foi resolvido, o antibiótico fez efeito só no quinto dos sete dias de tratamento (até pensei que não iria curar), mas deu tudo certo! Resumindo: acredito que é sempre necessário fazer o exame de secreção vaginal, pra você e seu médico terem certeza do que você tem, e se realmente é só aquilo mesmo ou se tem uma causa escondida por trás.

    Comentário por: Julia — 7 de julho de 2016 @ 19:30

  • BOA TARDE, GOSTARIA DE SABER SE POSSO TER RELAÇÃO SEXUAL ANTES OU NO DIA SEGUINTE DE TER APLICADO CANESTEN COMPRIMIDO ?

    Comentário por: Aline Santos Oliveira — 15 de julho de 2016 @ 14:44

  • Eu tinha candidiase, sofri durante um ano com essa doença. Graças a Deus fiquei curada apos parar de consumir leite. Além do leite existem outros alimentos podem causar candidiase por ex:doces e carboidratos. Boa sorte para todos.

    Comentário por: Flor — 21 de setembro de 2016 @ 19:18

  • É normal ficar com a vagina branca após o uso de Gino canesten comprimido? Sai um pozinho?

    Comentário por: Fabiana — 11 de outubro de 2016 @ 17:29

  • cade as respostas dos ´post?

    Comentário por: ana — 4 de novembro de 2016 @ 15:32

  • Nao sei se a essa altura terei resposta,mas eu ja fiz tratamento duas vezes e das duas so via resultado na 1a semana e depois meu corrimento voltou,chateia me porque na hora do sexo fico envergonhada pois sempre aparece.me ajuda

    Comentário por: Alicia — 20 de dezembro de 2016 @ 19:47

  • Olá eu estou pondo gino canesten e o fim de um dia sai o creme è normal

    Comentário por: mara — 20 de junho de 2017 @ 12:44

  • Coloquei o comprimido Gino canesten ontem a noite, e sumiu. Não ta saindo nada, minha calcinha está sequinha, nada de pó ou pedacinhos do comprimido.bSerá q foi para o lugar errado? Outra coisa, no dia seguinte ao uso do comprimido pode ter relação?

    Comentário por: Leny veras — 21 de julho de 2017 @ 19:17

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria