Mastopexia: cirurgia plástica para correção de seios caídos

Cirurgia é indicada para mamas flácidas, mesmo que tenham o tamanho ideal

Cerca de 40% das mulheres que querem deixar os seios mais bonitos
preferem realizar o reposicionamento das mamas

Ter os seios “turbinados e empinados” é um dos sonhos de muitas mulheres no país. Por isso, muitas delas recorrem à cirurgia plástica para atender a esse desejo e planejam colocar próteses. Entretanto, nem sempre o aumento de volume é o procedimento mais adequado. Quando as mamas estão caídas, a mastopexia é a cirurgia plástica mais indicada, pois é preciso realizar o reposicionamento das mamas.

Dr. Eduardo Lintz, chefe do serviço de cirurgia plástica do HCor (SP) e professor assistente do Instituto Ivo Pitanguy (RJ), informa que de 30% a 40% das mulheres que procuram cirurgias plásticas para melhorar a aparência dos seios, quando recebem mais esclarecimentos médicos, optam pela mastopexia. “No procedimento, retiramos o excesso de pele e levantamos os seios que ficaram flácidos e caídos, após um processo de perda de peso, amamentação ou em função do próprio envelhecimento natural. Podemos ainda tirar o excesso de gordura e, com isso, deixar os seios firmes e mais próximos ao tórax”, esclarece o cirurgião.

De acordo com a avaliação do médico e o desejo da paciente, pode ser realizado o implante de próteses junto com o reposicionamento das mamas. “Alertamos que a colocação de implantes mamários sem retirada do excesso de pele pode deixar os seios mais caídos e, desta forma, o resultado estético final fica comprometido e insatisfatório. Até mesmo as aréolas podem ficar com um posicionamento ruim”, ressalta Dr. Lintz.

Mastopexia

Esta cirurgia plástica visa deixar a mama em uma posição mais alta na região do tórax, através de incisões reduzidas. As cicatrizes são pequenas e podem ser apenas na vertical e nas partes infra-areolar ou ainda nas anteriores e na horizontal. Segundo o Dr. Eduardo Lintz, as técnicas deste procedimento são baseadas no método do Instituto Ivo Pitanguy e respeitam o tecido mamário para evitar traumas e, com isso, obter mamas com manutenção da capacidade de amamentação.

Confira alguns cuidados antes e depois da cirurgia indicadas pelo Dr. Eduardo Lintz:

Sobre o Dr. Eduardo Lintz

O cirurgião plástico Dr. Eduardo Lintz (CRM-SP 87553) é chefe do serviço de cirurgia plástica do HCor, em São Paulo, e professor assistente do Instituto Ivo Pitanguy, no Rio de Janeiro. Dentro das atividades educativas, integra o Corpo Docente do Curso de Pós-Graduação em Cirurgia Plástica da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e do Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas. Além disso, o especialista, que tem foco de atuação em procedimentos da face e contorno corporal, é Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), da Associação Médica Brasileira, Membro Efetivo da Associação dos Ex-alunos do Professor Ivo Pitanguy e diretor da Clínica Lintz, localizada no bairro de Moema, em São Paulo. www.clinicalintz.com.br.

Prestige

ALINE MARQUES CONSULTORIA DE COMUNICAÇÃO LTDA
Anna Karina Spedanieri
E-mail: annakarina@prestigerp.com.br
Fone: (11) 37573512

Tags:, ,

120 Comments Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria