Dicas: Ansiedade, depressão ou doença bipolar? Como identificar?

Ansiedade, depressão ou doença bipolar? Como identificar?
Características parecidas, intensidades diferentes.
Entenda cada um desses males e saiba diferenciá-los

Á primeira vista os sintomas da ansiedade, depressão e transtorno bipolar (TB) podem até ser confundidos entre si, mas apesar de parecerem semelhantes são bem diferentes. “Um pouco de ansiedade faz parte da vida, mas passa a ser um problema quando toma conta do indivíduo sem motivo aparente interferindo em sua vida, no trabalho e até mesmo no lazer. É importante entender o que está acontecendo com a pessoa”, afirma Florence Kerr Corrêa, professora titular de psiquiatria da Faculdade de Medicina de Botucatu-UNESP.

Segundo a especialista, se não for demasiada, a ansiedade pode ser boa, já que as incertezas nos impulsionam a viver e produzir. “Porém, em excesso, pode ser paralisante, impedindo que a pessoa reaja ou faça coisas simples, como dirigir ou andar de elevador, apenas pelo desconforto que causarão”, complementa.

Quando o assunto é depressão, engana-se quem acredita que a doença deixa suas marcas apenas no humor do paciente. “Os sintomas vão muito além da tristeza e podem impactar física e emocionalmente e até causar alterações na funcionalidade da pessoa acometida. Dores no corpo, tristeza profunda, ansiedade e a perda de interesse em fazer coisas que antes eram prazerosas são só alguns dos sintomas”, explica. A falta de percepção desses sinais dados pelo organismo ou a insistência em interpretá-los como “normais” ou “passageiros” pode mascarar a depressão atrasando seu diagnóstico e prejudicando seu controle.

Caracterizado pelas oscilações repentinas de humor, com episódios de depressão e mania, que podem ser concomitantes, parece simples identificar o transtorno bipolar, mas seu diagnóstico pode demorar a vir se os sintomas apresentados pelo portador forem brandos e a família tolerante a eles. Alguns pacientes mostram-se na maior parte do tempo depressivos, sem estímulos para levantar da cama ou trabalhar, por exemplo. “Muitas vezes, por questões sociais, esse indivíduo leva muito tempo para procurar ajuda, podendo ser visto até mesmo como preguiçoso, quando na verdade está sofrendo com o transtorno”, esclarece. Quando o paciente fica maníaco, os sintomas se tornam mais intensos e o diagnóstico tende a ser mais rápido. O histórico familiar também ajuda na hora de identificar a doença, pois quanto mais casos na família maiores são as chances de um membro desenvolvê-la.

O ideal é procurar ajuda de um especialista quando suspeitar que algum destes males possa acometer você ou um membro de sua família. Afinal, a confusão de sintomas e o atraso de um diagnóstico correto podem comprometer o tratamento e a saúde do paciente. Veja quais os sintomas mais comuns de cada enfermidade:

Sintomas mais comuns

Ansiedade

Depressão

Transtorno Bipolar

Fase maníaca:

Fase depressiva:

Assim como as doenças, seus tratamentos são diferentes. Procurar ajuda médica é essencial quando esses sintomas surgem e incomodam por mais de duas semanas. O especialista indicará qual a melhor forma de controlar a ansiedade, de acordo com o grau de acometimento. No caso da depressão, o rápido diagnóstico aliado a um tratamento precoce e eficaz, que promova a reintegração completa do paciente, estão diretamente ligados ao seu controle.

O transtorno bipolar requer um tratamento medicamentoso, que estabilize o humor do paciente, atrelado à psicoterapia”, explica Florence. Atualmente, existem medicamentos disponíveis no mercado que são capazes de reduzir os efeitos colaterais, normalmente atribuídos à classe de estabilizadores de humor. Entre essas opções, está Geodon (cloridrato de ziprasidona), que teve uma nova indicação para o tratamento da fase de manutenção da doença bipolar aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) no Brasil. Indicado também para controle da fase aguda, prevenção de recorrência em pacientes bipolares e para portadores de esquizofrenia, além de ser eficaz o produto tem a vantagem de não apresentar alguns dos efeitos adversos associados aos demais antipsicóticos atípicos, como ganho de peso excessivo e indução à síndrome metabólica (aumento do colesterol, triglicérides e da glicemia).

A adoção de alguns hábitos pelo paciente, como evitar o consumo de álcool, nicotina e drogas estimulantes, manter uma rotina diurna, manter o convívio social com parentes e amigos e participar de grupos de apoio também ajudam a controlar os sintomas do TB.

 Pfizer

Ao completar 60 anos de atuação no Brasil em 2012, a Pfizer reforça seu comprometimento com a saúde e o bem-estar das pessoas, trabalhando para ampliar cada vez mais o alcance de pacientes a tratamentos de qualidade, seguros e eficazes. Para isso, a companhia investe em pesquisa e desenvolvimento de medicamentos para doenças importantes e para necessidades médicas não atendidas, além de estabelecer parcerias para possibilitar ampliação do alcance de seus tratamentos à população, por meio de medicamentos genéricos e produtos maduros. Hoje, a Pfizer oferece grande diversidade de opções terapêuticas que abrangem áreas como saúde da mulher, prevenção de enfermidades em crianças e adultos, infecções, dor, doenças autoimunes, câncer, Alzheimer, entre outras. A empresa também valoriza o apoio à comunidade e oferece suporte a projetos sociais no País relacionados a saúde, educação e sustentabilidade. No mundo, a história da Pfizer começou em 1849 com a produção de insumos para medicamentos nos Estados Unidos (Nova York) e se expandiu para mais de 150 países.

CDN São Paulo

CDN COMUNICAÇÃO CORPORATIVA LTDA
Denise Carvalho
E-mail: denise.carvalho@cdn.com.br
Fone: (11) 36432845

Tags:, ,

4 Comments Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria