Água contaminada: Hepatite A e Lepstopirose

Contato com água contaminada de enchentes pode provocar sérios problemas de saúde
Médica do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos esclarece
sobre como evitar doenças como Hepatite A e Lepstopirose

enchentes01Os prejuízos financeiros provocados pelas enchentes são males menores frente aos sérios riscos que a população sofre quando tem contato direto com a água contaminada que invade ruas e casas. O alerta é da clínica geral, Lígia Brito, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos.

A água de inundações traz doenças como Hepatite A, Leptospirose, Febre Tifóide, doenças diarreicas agudas, entre outras doenças, que nem sempre apresentam sintomas, tornando-se ainda mais perigosas. Uma delas é a leptospirose, que em contato com gestantes, pode causar a morte do bebê.

As águas sujas dos alagamentos também podem transmitir micose, doença de pele causada por um fungo, muitas vezes de difícil tratamento. Atenção especial também deve ser dedicada à proliferação do mosquito da dengue e da malária, eliminando recipientes que possam acumular água, além do uso de repelente quando necessário.

É fundamental que as populações afetadas por enchentes evitem o contato com a água das enchentes. Se for necessário, a orientação é para o uso de luvas e botas plásticas. Todos os objetos e móveis atingidos devem lavados e desinfetados e os alimentos devem ser dispensados.

Quando há contato com a água contaminada, é importante que o indivíduo seja observado por até 60 dias após o episódio. No caso do aparecimento de sintomas como febre, dor de cabeça, vômito, dor no corpo e diarreia, é preciso procurar uma unidade de saúde ou hospital o mais rápido possível”, explica a médica.

Dicas para consumir água segura:

Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos

Localizado ao lado do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, o Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos atua em mais de 50 especialidades e conta com cerca de 780 médicos. Realiza aproximadamente 12 mil procedimentos cirúrgicos, 13 mil internações, 205 mil consultas ambulatoriais, 140 mil atendimentos de Pronto-Socorro e 1,3 milhão de exames. Dentre os selos e certificações obtidos pela instituição, destaca-se a Acreditação Hospitalar Nível 3 – Excelência em Gestão, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o Prêmio 100 Melhores Empresas para Trabalhar Brasil 2011.
Rua Borges Lagoa, 1.450 – Vila Clementino, zona sul de São Paulo
Tel. (11) 5080-4000
Site: www.hpev.com.br
Facebook: www.facebook.com/ComplexoHospitalarEV
Twitter: www.twitter.com/Hospital_EV
YouTube: www.youtube.com/HospitalEV

TREE COMUNICAÇÃO

(11) 3093-3619 / 3093-3609
Rogério Araújo – rogerio.araujo@tree.inf.br
Inês Castelo – ines@tree.inf.br

Tags:, , ,

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria