Ele(a) não aceita o término, o que devo fazer?

Alexandre Bez, Psicólogo e Especialista em Relacionamentos fala sobre como agir diante dessa situação,
vista na novela das nove

aceitacao_2014Terminar um relacionamento nunca é fácil, seja casamento, namoro, noivado e outras relações. As dificuldades do rompimento envolvem a aceitação do outro, sentimento de rejeição, entre outras coisas que dependem de cada pessoa.

Um dos grandes problemas é quando um dos lados não aceita, fazendo de tudo para voltar, gerando a obsessão, sentimento de transtorno, derivado da ansiedade e compulsão.

Esse tipo de comportamento é visto em jornais, revistas, sites, geralmente na editoria policial e também nas telenovelas, como Império, atual novela 21:00. Na trama acompanhamos os personagens Cristina (Leandra Leal) e Vicente (Rafael Cardoso), que mal começaram a se relacionar e já são vitimas da obsessão de Fernando ( Eron Cordeiro ), ex noivo da mocinha, que na novela não aceitou o termino imposto por Cristina, sugerindo sua pouca resistência ao lidar com a rejeição e frustração pessoal.

Uma pessoa normal consegue lidar com a perda sem manifestações altamente neuróticas, como as exibidas por Fernando. Na atualidade, não foram ainda decifradas as principais causas que originam o TOC (Transtorno Obsessivo-Compulsivo), no entanto parece ser justamente a ansiedade, o baixo limite a frustração e uma perene situação de estresse, as mesmas características apresentadas por Fernando.

A questão do personagem é ainda mais complicada por ele apresentar, além da compulsão, a agressividade e a possessividade, sendo uma mistura bombástica e perigosa. O exemplo citado pode ser de uma novela, mas serve de alerta para nossa sociedade. A conversa deve ser mantida sempre em primeiro lugar e devemos estar atentos a qualquer demonstração fora do comum em uma dessas situações.

Veja algumas dicas de como agir em alguma situação parecida:

  1. Ele(a) me procura demais por todos os meios de comunicação e isso incomoda: Explique a situação novamente, diga que ele(a) deve seguir em frente e que não irá mais atende-lo(a). Nada de encontros, última conversa, aplicativos, redes sociais ou qualquer coisa que mantenha ou dê algum tipo de esperança a ele(a), se necessário bloqueie.
  2. Temos os mesmos amigos em comum: Não perca o contato, apenas evite por enquanto saídas com esses amigos, opte por dar um tempo, ao menos até as coisas estarem mais claras.
  3. Ele(a) me cobra satisfações: Não caia nas provocações que poderão ser frequentes, evite esse tipo de conversa.
  4. Devo procurar ajuda: Sim, se possível fale com sua psicóloga, converse com sua família sobre como agir.
  5. Ele(a) me persegue no trabalho: Se ele(a) ligar, atenda uma vez e peça para ele(a) não ligar mais. Caso ele(a) não obedeça e apareça por lá ainda sim, avise os colegas e o chefe sobre a situação. Uma dica bacana mande um e-mail para ele(a), dizendo que esse comportamento atrapalha seu trabalho. Você pode usar esse e-mail como prova caso ache que seu emprego corre riscos e precise procurar um advogado.

MARCIA R. STIVAL ASSESSORIA EMPRESARIAL – ME

Márcia Stival
E-mail: imprensa@marciastival.com.br
Fone: (11) 32054651

Tags:,

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria