Café da manhã é vital para encarar o dia?

Veja 8 Mitos e verdades sobre a refeição
Sabe-se que o desjejum é muito importante,
mas muitas dúvidas surgem quando se trata da primeira refeição do dia.

A Dra. Marcella Garcez nos ajuda a identificar o que é e o que não é verdade.

São Paulo – 09/01/2020 – Muitas vezes nossa rotina é corrida, e acabamos por negligenciar o café da manhã, seja pulando a refeição ou comendo qualquer coisa na rua – geralmente algo de baixa qualidade nutritiva. Afinal, aquele jargão que diz que o café da manhã é a refeição mais importante é realmente verdadeiro? A Dra. Marcella Garcez, médica nutróloga e professora da Associação Brasileira de Nutrologia, nos ajuda a tirar as principais dúvidas sobre a refeição matutina; saiba o que é mito e o que é verdade.

O café da manhã é a refeição mais importante do dia:

Depende. Não necessariamente. Segundo a Dra. Marcella Garcez, existem evidências de que o jejum matinal pode liberar radicais livres que pioram a atividade pancreática e, ao longo do tempo, mesmo com a redução do peso corporal, aumenta o percentual de gordura abdominal. “Por outro lado, outros estudos relatam exatamente o contrário. Por isso, é provável que seja um sinal de que essa é uma situação que depende de respostas individuais de cada organismo”, diz a médica. Portanto o café da manhã é uma das refeições importantes do dia e pode ser indispensável de acordo com as características e necessidades individuais de cada organismo.

Pular a refeição pode provocar mal-estar por conta do baixo índice glicêmico?

Verdade. “Mesmo após uma longa noite de sono, o corpo continua funcionando e gastando energia. Por isso, se a pessoa tem muitas atividades pela manhã – intelectuais ou físicas –, não é aconselhável pular o café da manhã, podendo ocorrer alterações na glicemia que podem causar enjoos, tontura e mal-estar.

Tomar café da manhã é essencial para a perda de peso:

Mito. Ainda que quebrar o jejum antes de iniciar as atividades seja recomendável, não fará perder os quilos de forma mágica. “O que é, de fato, necessário, é combinar a rotina de exercício adequada com os alimentos ideais e na quantidade certa”, afirma.

Pular a refeição aumenta a chance de colesterol?

Verdade. “O jejum matinal libera radicais livres que pioram a atividade da insulina, aumentam o perfil inflamatório e podem levar à evolução do colesterol e aumentar o risco de doenças cardíacas”, explica a Dra. Marcella

Deve-se evitar os carboidratos no café da manhã para evitar o ganho de peso:

Mito. Os carboidratos são um tipo de nutriente e, como tal, devem estar presentes em todas as refeições. A principal função deste macronutriente é fornecer energia, logo, ingeri-los durante a manhã é muito importante para conseguirmos realizar as atividades do dia.”

Um bom desjejum é um combustível para o cérebro:

Verdade. “Os neurônios utilizam a glicose como principal substrato energético, portanto, o café da manhã contribui para a realização de atividades que demandem atenção e raciocínio”, destaca.

Alimentar-se de manhã é uma estratégia para reduzir a ingestão de calorias ao longo do dia e melhorar a qualidade da dieta:

Verdade. “Se o café da manhã for adequado e equilibrado, seguido de refeições igualmente equilibradas, mas de menor densidade calórica, pode contribuir para compor um bom hábito alimentar. Evitar o café da manhã aumenta a ansiedade de comer, o que provoca fome e desejo por alimentos calóricos, como doces, frituras, salgados e alimentos industrializados. Já quem está satisfeito através de um desjejum equilibrado, tende a fazer refeições mais saudáveis ao longo do dia.

Para quem realiza atividade física pela manhã, o café da manhã é essencial e melhora a performance?

Depende. “Existem pessoas que treinam em jejum sem grandes consequências negativas. Porém, no geral, praticar atividade física de alta intensidade leva ao consumo de glicogênio hepático. Dessa forma, com a continuidade do treino, o glicogênio muscular é gasto e, posteriormente, as proteínas começam a ser consumidas para fazer neoglicogenese.”

Por fim, a Dra. Marcella esclarece o que seria um café da manhã saudável e benéfico para qualquer pessoa. “Um café da manhã saudável tem todos os macronutrientes em equilíbrio, ou seja, proteínas de alto valor biológico, como ovos, queijos magros, iogurtes, proteínas de soja e grão de bico; carboidratos saudáveis, como cereais integrais, aveia, frutas; além de gorduras boas como sementes oleaginosas e azeite de oliva. O acompanhamento nutrológico é essencial para uma dieta saudável e que atenda às necessidades de cada indivíduo”, finaliza.

DRA. MARCELLA GARCEZ,

Médica Nutróloga, Mestre em Ciências da Saúde pela Escola de Medicina da PUCPR, Diretora da Associação Brasileira de Nutrologia e Docente do Curso Nacional de Nutrologia da ABRAN. A médica é Membro da Câmara Técnica de Nutrologia do CRMPR, Coordenadora da Liga Acadêmica de Nutrologia do Paraná e Pesquisadora em Suplementos Alimentares no Serviço de Nutrologia do Hospital do Servidor Público de São Paulo.

HOLDING COMUNICAÇÕES

Maria Claudia
E-mail: maria.claudia@holdingcomunicacoes.com.br
Fone (11) 20617919

Tags:,

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria