Cirurgia corrige desvio de septo

Rinosseptoplastia: cirurgia plástica corrige desvio de septo que tem início na adolescência

Respirar corretamente pode ser um ato normal, mas nem sempre é assim. Para muitas pessoas, esse processo essencial é dificultado por causa do desvio do septo – estrutura formada por cartilagem e osso, que divide as cavidades do nariz e tem como função controlar a entrada e saída do ar. Segundo o cirurgião plástico Dr. Eduardo Lintz (CRM-SP 87553), chefe do serviço de cirurgia plástica do HCor, em São Paulo, e professor assistente do Instituto Ivo Pitanguy (RJ), muitos casos de desvio de septo têm início na adolescência, quando se está em plena fase de crescimento.

Quando existe um problema funcional, ou seja, quando um desvio de septo ou alterações de cornetos (estruturas ósseas internas revestidas por mucosa, cuja função é filtrar, aquecer e umidificar o ar inspirado) comprometem a respiração, o indivíduo começa a respirar pela boca, e com isso prejudica a estrutura interna do nariz que pode causar problemas de sono, quadros de infecção e deformidades da arcada dentária e dos ossos da face. Para identificar o problema, são realizados exames físico, rinoscopia e tomografia computadorizada dos seios da face. “A rinosseptoplastia é a cirurgia indicada para melhora deste quadro clínico. Ela visa corrigir o desvio, além de manter o equilíbrio estético e funcional do nariz”, explica Dr. Eduardo.

O momento certo para realizar a cirurgia é determinado pelo fato de o desvio de septo afetar somente a parte estética, sem ocasionar comprometimentos funcionais, e da intensidade dos sintomas de cada paciente. “Normalmente, operamos os indivíduos a partir de 16 anos de idade, quando as estruturas ósseas e cartilaginosas do nariz e da face estão totalmente desenvolvidas”, esclarece Dr. Lintz. Para os pacientes mais jovens, é indicada uma avaliação da idade óssea.

O médico enfatiza, entretanto, que quando existe a hipertrofia dos cornetos com rinite alérgica associada, dificuldades para dormir e realizar exercícios físicos, pode-se antecipar o procedimento. “Sinusites de repetição também podem ser indicativos da necessidade de cirurgia para corrigir tais problemas”, alerta.

A CIRURGIA

Durante a cirurgia plástica do nariz, os ligamentos entre as cartilagens são interrompidos e quantidades variáveis de cartilagem e osso são retiradas do esqueleto do nariz com o objetivo de promover a correção. Conforme a experiência e indicação do cirurgião plástico, a técnica empregada pode ser tanto aberta como fechada. Em relação ao pós-operatório, o especialista relata que alguns cirurgiões utilizam tampões (gazes dentro do nariz) ou splints (material plástico) que serão retirados, de acordo com a evolução de cada caso e recuperação da pessoa.

A seguir, confira os principais cuidados que um paciente deve seguir após a cirurgia de Rinosseptoplastia, listados pelo Dr. Eduardo Lintz.

  1. Utilizar curativos com micropores e aquaplast, material sólido termomoldável utilizado para manter os ossos nasais e as cartilagens na posição desejada por 7 a 14 dias. No caso de abordagem do septo, é utilizado um tampão intranasal por 24 a 72 horas;
  2. Os curativos externos com gazes devem ser trocados conforme a necessidade;
  3. Dormir com a cabeça ligeiramente elevada, evitando deitar sobre o nariz;
  4. Para diminuir o inchaço, realize compressas geladas no local;
  5. De forma geral, o paciente não deve fazer esforços físicos nas primeiras semanas e deve manter repouso.
  6. O uso das medicações deve ser criterioso, conforme prescrição médica.

Sobre o Dr. Eduardo Lintz

O cirurgião plástico Dr. Eduardo Lintz (CRM-SP 87553) é chefe do serviço de cirurgia plástica do HCor, em São Paulo, e professor assistente do Instituto Ivo Pitanguy, no Rio de Janeiro. Dentro das atividades educativas, integra o Corpo Docente do Curso de Pós-Graduação em Cirurgia Plástica da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e do Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas. Além disso, o especialista, que tem foco de atuação em procedimentos da face e contorno corporal, é Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), da Associação Médica Brasileira, Membro Efetivo da Associação dos Ex-alunos do Professor Ivo Pitanguy e diretor da Clínica Lintz, localizada no bairro de Moema, em São Paulo.

Prestige Assessoria de Comunicação e Marketing

Anna Karina Spedanieri – annakarina@prestigerp.com.br
Sandra Santos – sandra@prestigerp.com.br
Chris Santos – christiane@prestigerp.com.br
Fone: (11) 3757 3512
Site www.prestigerp.com.br

Tags:,

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria