Dica: Um açúcar para cada receita

Utilizar o tipo correto de açúcar valoriza sabor e textura dos doces

A maior variedade de açúcares à disposição dos consumidores hoje permite criar receitas mais elaboradas e sofisticadas. As aplicações do refinado e do cristal estão mais difundidas, mas conhecer outros tipos de açúcares e saber utilizar corretamente cada um deles pode surpreender tanto pelo sabor quanto pela textura diferenciada nos alimentos.

Com tradição de mais de 100 anos de atuação no mercado de açúcares, a União disponibiliza oito tipos que valorizam o preparo de receitas. Confira as dicas de uso e as especificidades dos produtos elaboradas pela chef da Cozinha Experimental da União, Angélica Spinola.

Açúcar refinado:

É o produto mais comum nos supermercados. É obtido pela purificação do açúcar cristal e passa por um processo de refinamento que o deixa branquinho. Por ser composto de grãos finos, é fácil de ser dissolvido, não empedra e rende mais. Permite uma diluição perfeita e é o mais usado nas receitas de doces e em bebidas.

Açúcar cristal:

Possui grãos mais grossos e transparentes. É menos processado do que o refinado e a partir dele que são obtidos o refinado e o açúcar de confeiteiro.

Açúcar FIT:

Ao açúcar refinado é adicionada uma pitada de sucralose – único adoçante derivado da cana. Sua composição potencializa o poder de adoçamento, fazendo com que seja necessário utilizar apenas a metade da quantidade de costume, reduzindo a quantidade de calorias consumidas.

União Premium:

Refinado granulado tipo exportação é composto por grãos menores, uniformes e com aparência de pequenos cristais. É resultado de um processo que evita a absorção de umidade, o que garante um açúcar soltinho por mais tempo.

União Naturale

é resultado de um menor nível de processamento, o que garante a preservação de nutrientes da cana. Possui também um sabor levemente mais acentuado.

Açúcar orgânico:

O açúcar orgânico é produzido a partir de cana cultivada por meio de técnicas naturais, sem fertilizantes químicos. O cultivo, produção e armazenamento segue normas nacionais e internacionais, certificadas pelo IBD. Como não passa por refinamento, mantém seu aspecto escuro e grosso o que contribui para preservar mais vitaminas e sais minerais.

O tradicional açúcar de confeiteiro ganhou duas versões especiais que valorizam ainda mais o preparo de doces mais elaborados. Confira as aplicações do Glaçúcar e Doçúcar:

Glaçúcar:

Indicado para o preparo de suspiros, chantilly, glacês e pasta americana, pois possui grãos bem fininhos que permitem uma mistura mais homogênea, mesmo a frio. Esse produto não contém amido, portanto não interfere no sabor e na textura das preparações.

Doçúcar:

Ideal para preparar caldas, doces vidrados e quindins. Seus grãos maiores dão maior transparência e brilho aos pratos. Também é indicado para o polvilhamento de pães e roscas porque não derrete quando levado ao forno.

APPROACH COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA

Marise Vieira
E-mail: marise.vieira@approach.com.br
Fone: (11) 38465787

Tags:,

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud

Dados do Autor

Diversos Autores

Diversos autores colaboraram nos textos existentes no EsteticDerm. Alguns dedicaram suas matérias de forma específica. Outros foram colhidos em sites que disponibilizam material e publicados após análise e aprovação da equipe de editores. As fontes na Internet são muitas mas sempre haverá busca, análise e aprovação do texto seja qual for sua origem. O enfoque principal é beleza e saúde do corpo humano embora tenhamos áreas de leitura geral. Muitas das publicações foram elaboradas por autoridades no assunto proposto. O conteúdo dos textos, artigos e matérias é de responsabilidade total de seus autores.

Email Site /blog

Dados desta matéria